Pastor Alemão – O essencial sobre

Este cachorro tem assumido o papel de herói nacional. Pastores Alemães foram os cachorros de busca e salvamento rastejando pelas ruínas do World Trade Center depois dos ataques terroristas no dia 11 de setembro de 2001, buscando sobreviventes;
O Pastor Alemão deve parte de sua popularidade a um pequeno filhote que foi salvo de um canil cravado de balas e bombas na França durante a Primeira Grande Guerra pelo soldado Lee Duncan. No final da batalha, Duncan trouxe o cão de volta para a sua cidade natal, Los Angeles, treinou-o e transformou-o em um dos cachorros mais populares no show biz: Rin Tin Tin. Ele atuou em vários filmes. O sucesso de Rin Tin Tin salvou a Warner Brothers de falir;
A raça é uma das preferidas usadas por policiais, sendo um tanto quanto frequente observar Pastores Alemães K9;
Sua mordida tem uma força de 104 kg, atrás apenas do Rottweiler;
Blondi (1941 ou 1942 – 30 de abril de 1945) foi uma cadela Pastor Alemão pertencente a Adolf Hitler, entregue a ele por Martin Bormann. Blondi esteve com Hitler mesmo quando ele se mudou ao bunker subterrâneo em janeiro de 1945. Em março, ou mais provavelmente em abril de 1945, ela deu a luz a uma ninhada de 5 filhotes com o Pastor Alemão Harras, pertencente a Paul Troost. Hitler batizou um dos filhotes de “Lobo”, seu apelido preferido e o significado de seu próprio nome, Adolf (lobo nobre), treinando-o;
O presidente Herbert Hoover era possuidor de um Pastor Alemão de nome King Tut, que foi possivelmente o primeiro cachorro a desempenhar um papel bem-sucedido em uma campanha presidencial, auxiliando Hoover a ter uma imagem de uma pessoa mais sociável.

O Magnífico Cachorro Pastor Alemão na História

O Pastor Alemão é uma espécie que soube alcançar uma enorme notoriedade. Suas inúmeras e excepcionais propriedades levaram o ser humano a utilizar a raça em outras práticas, além daquelas específicas de um cachorro de pastoreio. O também chamado “cão lobo”, “Alsaciano” ou ainda “Pastor Alsaciano”, transformou-se no cão policial por excelência, ótimo guardião e defensor, eficaz cão de salvamento e confiável cachorro para rastrear.
Orgulho da criação germânica, entretanto atualmente propagado ao redor do globo, o Pastor Alemão procederia de lobos cruzados com cães domésticos. Mas, possivelmente, com maior mérito, outras hipóteses sustentam, de outro modo, que a espécie Pastor Alemão é um produto autóctone de Württemberg e da Turingia, regiões onde, desde épocas antigas, seus antepassados desempenhavam tarefas de guardiões de gado.
A partir de exemplares destes antigos cães alemães, rigorosamente em 1895, inicia-se a seleção que fixará as propriedades de uma pura raça de Pastores Alemães, em boa parte por mérito de um aficionado intitulado Von Stephanitz.
Com o decorrer dos anos, o aperfeiçoamento dos aspectos corporais foi seguido da diversificação na utilização desses cães. O caráter e especialmente a intensa capacidade de concentração, os recursos de lealdade e valentia, a enorme energia física e a agudez dos sentidos fizeram do Pastor Alemão um cachorro capaz de desempenhar as mais variadas tarefas. Concomitantemente, mantendo-se por instinto, um excelente cachorro pastor, condutor sentinela e defensor dedicado dos espécimes que o homem lhe confia.

Aspectos corporais do cão da espécie Pastor Alemão

O Pastor Alemão é um cachorro de grande estrutura física. A raça possui um corpo simétrico, a não ser pela cabeça que acaba sendo ligeiramente menor do que o restante do corpo. Tem uma mandíbula completa, apresentando os 42 dentes, um pescoço bastante robusto, dorso firme e musculoso.
Para que um Pastor Alemão seja aprovado nas associações oficiais da raça, é vital que ele obedeça certas regras no que concerne a sua cauda, particularmente quanto ao comprimento e ao formato. E não é autorizado que se faça nenhum estilo de cirurgia no rabo.
Outra particularidade do Pastor Alemão está ligada à sua locomoção, que conta com um estilo troteador. Cachorros da raça conseguem ter passadas extensas e rígidas, com um movimento que mostra realmente a que lugar ele almeja ir. Além disso, é um cachorro com uma força maravilhosa nos membros inferiores, o que admite uma grande arrancada na hora do princípio de uma disparada.
A pelagem do Pastor Alemão é bem espessa e tem boa faixa de pelo e subpelo. No geral, o pelo é reto e áspero, apresenta mudança de tamanho consoante a parte do corpo, sendo que, em geral, é mais curto na cabeça e parte das orelhas.

Psicológico da raça Pastor Alemão

O Pastor Alemão é uma das espécies mais inteligentes e é bem aplicada à sua missão. É um cachorro versátil, afetivo, leal e fiel a seus tutores e se dá bem com outros animais de estimação. São cachorros calmos e ficam ainda mais dóceis depois de mais velhos. Não é um cão covarde e gosta de ganhar carinho e elogios dos familiares. É um protetor, alerta e é capaz de ser levemente retraído com estranhos. Quem não deseja ter um cão de guarda, precisa familiarizar o Pastor Alemão desde novo à presença de pessoas desconhecidas.
É um cão determinado, com um faro de dar inveja, devido a isso é muito empregado pelas corporações policiais, como cão policial, para atacar, detectar drogas, rastrear corpos em escombros e detectar pessoas desaparecidas.
O Pastor Alemão possui mais o perfil de proteção do que de ataque. Nunca deve ser criado para morder, uma vez que pode se tornar muito agressivo. É uma espécie que se dá bem com crianças e pessoas de idade. É crucial familiarizar o pastor desde cedo para a presença de crianças e idosos.

A Superioridade da Raça Pastor Alemão

São diversas as aptidões do Pastor, entretanto a maior delas, sem dúvida, é a capacidade intelectiva, que permite com que ele possa organizar todas e fazerem elas se tornarem praticáveis a um determinado fim. A inteligência também proporciona que ele seja disciplinado bastante tranquilamente, manter o foco de suas atenções, sem se distrair de suas funções.
O Pastor Alemão é um excelente farejador, corre bastante bem e inclusive costuma avisar no momento em que está acontecendo alguma coisa fora do habitual nas redondezas. É uma espécie bastante fácil de ensinar artimanhas, comandos, obediência básica e avançada e tudo o que for necessário. Estes cachorros estão sempre prontos a saber e gostam de agradar seus tutores.
Caso ele seja bem instruído e tiver muita interação com crianças, especialmente quando for filhote, o Pastor Alemão é um enorme companheiro às crianças. Na verdade, alguns sugerem que ele é uma combinação de babá com policial, ambos gentis e protetores de crianças e seus parentes.

Problemas usuais do Pastor Alemão

problemas-pastor-alemao, A grande popularidade do Pastor Alemão fez com que houvesse muitos cruzamentos inapropriados, gerando cães com predisposição ao desenvolvimento de displasia (uma deformidade das articulações de bacia que podem deixar o cachorro com sérias sequelas antes mesmo de terminada o período de desenvolvimento).
São capazes de, eventualmente, ocorrer problemas de aprumo, desenvolvidos por cruzamentos indevidos e/ou alimentação carente de vitaminas e cálcio.
Por causa de seu pelo extenso, está sujeito a dermatites que são capazes de ser facilmente tratadas com o uso de shampoos adequados.
Caso sejam criados em locais de piso escorregadio, os Pastores são capazes de desenvolver problemas nas patas, que curvam-se para dentro (os chamados “joelhos de vaca”.)
Outro detalhe a ser observado é a chamada “Torção Gástrica”, comum a cães com tórax profundo e que faz com que o animal segure gases em razão da uma rotação do seu sistema digestivo. Como medida preventiva, basta alimentar seu cachorro em uma tigela mais alta.

Cuidados da Raça Pastor Alemão

Os Pastores Alemães são cahorros de ação, isso indica que têm muita energia e necessitam despendê-la com atividades físicas diárias. Deixar um cão desta raça sozinho e ocioso é capaz de ocasionar problemas comportamentais como mastigação, escavação e latidos. O Pastor Alemão precisa exercitar sua constituição física (corrida, jogos e passatempos) e sua mente (exercícios de treino como obediência).
Eles adoram mastigar e suas mandíbulas podem destroçar a maioria dos pertences. Conceda a eles brinquedos de mastigação e os ossos (de mentira) para que consigam entreter-se no momento em que você não encontrar-se brincando com eles. Escovar os dentes com uma escova de dentes suave e pasta de dentes própria para cães também ajuda a conservar a gengiva e dentes em excelentes condições.
A espécie perde pelo ao longo de todo o ano e a pelagem muda duas vezes anualmente. Não há solução para essa queda de pelos. Ainda assim, a escovação 2 a 3 vezes por semana irá ajudar a retirar os pelos soltos que virão presos em uma escova.
Dar banhos no cachorro com frequência tira do pelo os óleos que o preservam saudável, por causa disso, banho só se seu cachorro de fato estiver necessitando. O Pastor Alemão possui a tendência de ser bastante limpo e sem aroma. As unhas carecem de ser cortadas mensalmente, e os ouvidos examinados semanalmente. Na parte de alimentação, não deixe comida restando na tigela, o que é capaz de resultar em doenças como o excesso de peso.

Os Filhotes do pet Pastor Alemão

filhotes-pastor-alemao, Determinados cuidados devem ser verificados ao comprar um filhote de Pastor Alemão. Veja há quanto tempo a mãe foi separada dos filhotinhos, que deve ser em torno de 50 e 55 dias de idade. Nessa etapa, a mãe tem o papel de iniciar a instrução dos filhotinhos. É muito usual observar a mãe repreendendo o filhote com mordidas suaves no pescoço. A interação entre os filhotinhos inclusive é muito enorme.
Lembre-se que o filhote ainda encontra-se em desenvolvimento. Respeite o descanso dele, deixe ele repousar muito. Limpe diariamente as tigelas d’água e ração com a finalidade de evitar o ajuntamento de impurezas e proliferação de micróbios. Sirva as refeições segundo orientação do veterinário ou criador. Vermifugue e vacine segundo a orientação veterinária.
Deixe o filhote longe de fiações elétricas, pequeninos materiais perigosos e que possam ser engolidos ou cortantes e perfurantes. Produtos de limpeza, remédios, venenos, material de construção, plantas perigosas e adubo para vegetais, sacolinhas de plástico, alimentos que não sejam para cachorros, sapatos e outros pertences que o filhote é capaz de estragar.
Evite que o cachorro fique subindo e descendo escadas (mesmo quando vir a ser adulto) isto tem chance de ocasionar distúrbios nas articulações.
Socialize o filhotinho colocando-o em um jardim de infância para cachorros. Essa relação com outros cães e pessoas irá orientar o seu cão a ser mais amigável.

Pastor Alemão – O essencial sobre
Avalie esta postagem
News Reporter

Deixe uma resposta